segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Você come alho ?

Além das propriedades mais conhecidas, como a bactericida, capaz de eliminar as bactérias nocivas ao organismo; antifúngica, prevenindo a proliferação de fungos; e a antivirótica, que como o próprio nome diz combate os vírus; o alho agora também está associado a redução de colesterol no sangue e na prevenção de doenças cardíacas.
Alho: protetor do coração e do sistema vascular
De acordo com pesquisas feitas pela Empresa Brasileira da Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o alho brasileiro possui propriedades ainda mais potentes que o tipo chinês, pelo menos quando o assunto é a redução das taxas de colesterol. Outro estudo, elaborado dessa vez por pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB), conseguiu identificar qual a substância responsável por essa atuação na saúde cardiovascular. Chamado de alcina, esse composto diminui os risco de infarto agudo no miocárdio.
Além dos estudos elaborados por órgãos brasileiros, outras pesquisas foram feitas pelo mundo com a mesma proposta: descobrir a atuação benéfica do alho para a saúde cardiovascular. Por exemplo: no Canadá foi feito um experimento com homens de idades variáveis entre 32 e 68 anos. Durante seis meses, o consumo diário de 7,2 g de extrato de alho foi capaz de reduzir em 7% o colesterol sérico total, 5,5% a pressão arterial sistólica e em 4,6% o colesterol de baixa densidade (LDL).
Já nos Estados Unidos, as pesquisas mostraram que consumidores de alho fresco do sexo masculino tiveram suas taxas de agregação plaquetária diminuídas em 10% ou 58%. Isso ocorreu, especificamente, com quem consumia o equivalente a seis dentes desse condimento. Assim como esse estudo, outros sugerem que a ingestão diária de alho pode reduzir os níveis de colesterol no sangue em 9% ou 12%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Followers

Pesquisar este blog

aproveite e curta nossa página

Pinterest

Flag Counter

Flag Counter

Arquivo do blog

Resumos Biográficos