quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Sal de Ervas

Aqui em minha casa, como em várias outras, acredito que existam pessoas proibidas de usar sal em exagero nos alimentos que consomem diariamente. Por problemas renais, diabetes, pressão alta etc, os médicos estão sendo bem duros em afirmar que os problemas de saúde se agravam com o uso exagerado do sal. Vamos combinar que comida sem sal é tenebrosa, horrível e tira até o gosto de viver. Como estou neste bonde, procurei uma solução que chegasse perto de algo  mais saboroso para esta fase de tratamento e de repente, solucione a vontade incontrolável de ingerir Sal.   Encontrei no site "Cura pela Natureza " e repasso para os amigos que podem estar com este problema.Chama-se  Sal de Ervas.
A baixa concentração de sódio e o uso de ervas aromáticas e medicinais tornam o sal de ervas muito saudável, podendo ser usado por todos, inclusive por quem sofre de pressão alta.

Claro, que não pode haver exageros, pois todo excesso é nocivo.
Mas pode ter certeza: o sal de ervas é mais saboroso e muito melhor para a saúde que o sal comum.
As ervas que compõem este sal são muito benéficas à saúde.

-O alecrim é estimulante, favorece a atividade mental (memória), o coração, os nervos, combate o stress e a ansiedade.
-O manjericão é rico em magnésio, ferro, cálcio, potássio e vitamina C.
  • Devido à presença do magnésio, ele melhora a saúde do sistema cardiovascular, pois estimula os músculos e vasos sanguíneos a relaxar, melhorando o fluxo sanguíneo e reduzindo o risco de arritmias cardíacas.
-O manjericão possui flavonoides que protegem as estruturas celulares, os cromossomas contra a radiação e contra os efeitos dos radicais livres.
  • Ele também é anti-inflamatório, estimulante digestivo, calmante, previne problemas digestivos e infecções no intestino.
-O orégano tem alta atividade antioxidante porque contém  flavonoides, além de propriedades antimicrobianas, o que faz com que seja bom para ajudar a preservar alimentos.
  • Ele, entre outras coisas, é estimulante das funções gástricas e biliares, sedativo,  expectorante, diurético,  alivia dores reumáticas; estimula o sistema nervoso e o apetite.
Eis a receita do sal:
INGREDIENTES
  • 20 gramas de alecrim desidratado
  • 20 gramas de manjericão desidratado
  • 20 gramas de orégano
  • 20 gramas de sal marinho ( Sal do Himalaia,sal Light ) 
Use uma balança para calcular com precisão os 20 gramas de cada ingrediente.
Mas, se não tiver, use como medida uma colher de sopa cheia.
MODO DE PREPARO
  • Liquidifique bem todos os ingredientes.
  • Armazene o sal de ervas num vidro.
  • Caso queira, podem ser acrescentadas outras ervas, como salsinha, tomilho ) 
Utilize-o como substituto do sal comum em todas as receitas.
A quantidade é a mesma que você utilizaria de sal comum.
A vantagem é que ele tempera e dá sabor com uma quantidade reduzida de sódio.

Fonte : Cura pela Natureza 
Imagem - Prefeitura da cidade de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Followers

Pesquisar este blog

aproveite e curta nossa página

Pinterest

Flag Counter

Flag Counter

Arquivo do blog

Resumos Biográficos