sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Farinha Integral, como e onde usar

Farinha branca X farinha integral: qual a real diferença?

PorMelina Aniquini
Você sabe a real diferença entre a Farinha Branca e a Farinha Integral?    Tire todas as suas dúvidas!

1. Qual a diferença da farinha branca para a integral?

A diferença essencial está na quantidade de nutrientes e na presença de fibras da farinha integral. A farinha branca passa por um processo de refinamento que elimina grande parte de seus nutrientes. A farinha integral, por outro lado, não passa por esse processo e preserva seus nutrientes, que incluem proteínas, minerais, vitaminas e fibras.
A farinha integral tem a mesma quantidade de calorias que a farinha branca!

2. Para quem é indicado o uso da farinha integral?

Como a farinha integral tem em sua composição as fibras, as pessoas que apresentam problemas intestinais (promove o bom funcionamento intestinal), desejam a perda de peso (aumenta a saciedade) e apresentam aumento nos níveis de colesterol e diabetes (reduz os níveis de colesterol e de glicose no sangue) devem consumir a farinha integral.

3. E as propriedades nutricionais mudam de integral para a branca?

Sim, na farinha integral é possível encontrar as vitaminas B1, B6, magnésio, selênio, zinco, enquanto que na farinha branca não há a presença desses nutrientes.
No entanto, a farinha branca também tem seus benefícios. Para praticantes de exercícios físicos, o seu consumo é recomendado antes de um treino ou competição, já que fornecem mais energia, e são absorvidas mais rapidamente pelo organismo.

4. Como saber se um pão na padaria ou mesmo industrializado é integral?

Segundo a Anvisa, os ingredientes do alimento aparecem no rótulo na ordem decrescente de quantidade. Portanto, se procuramos um item realmente integral, o primeiro ingrediente deve ser a farinha integral (trigo, centeio ou outra).

5. Toda receita feita com farinha branca pode ser reproduzida com farinha integral ou existem algumas restrições?

Para que a massa não fique dura e seca, o ideal é sempre usar 1 parte de farinha integral e 2 de farinha branca. Exemplo: a receita pede 300 gm de farinha (use 100 gm de integral e 200 gm de branca).

6. Existem preparos exclusivos para cada tipo de farinha?

Sim. A farinha branca é indicada para a preparação de massas leves e delicadas, como pão de ló, massas folhada, bolos confeitados. Já a farinha integral para massas mais consistentes, como pão integral e de centeio, bolos de frutas e cereais, biscoitos sem recheios.
Beijos Nutridos.

Melina Aniquini-     melinaaniquini@hotmail.com CRN: 3-22969
Nutricionista graduada pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP). Pós-graduada em Fisiologia do Exercício pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e em Saúde da Mulher pela Faculdade de Saúde Pública da USP. Pelo Instituto de Pesquisas, Ensino e Gestão em Saúde (IPGS), realizou o curso de Formação em Nutrição Aplicada à Estética. Associada da (ABESO) Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica. Ministra palestras sobre temas variados em nutrição e realiza atendimentos nutricionais individuais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Followers

Pesquisar este blog

aproveite e curta nossa página

Pinterest

Flag Counter

Flag Counter

Arquivo do blog

Resumos Biográficos