quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Portas e portões

Revendo umas fotos dos Beatles, minha atenção vai para as antigas portas das casas onde moravam John, Paul, Ringo, George, lá em Liverpool e lembro também  de uma musica de Paul MacCartney, onde ele fala de uma porta para qual ele sempre volta, acho que é " The Long and winding road", não tenho certeza, mas é uma linda musica, tenho também a história de uma amiga que pegava a assinatura de todos seus amigos que a visitavam  na porta e para onde mudava ela levava a tal porta toda escrita, como um grande cartão dos amigos e da família. Uma ideia e tanto, mas onde eu quero chegar é na importância da porta de entrada em nossa casa... ou "o Portão", como cantou tão bem Roberto Carlos, dando até o direito de cachorro sorrindo latindo
A porta é a metáfora mais utilizada na literatura. Ela descreve as oportunidades que ignoramos e também as que abraçamos. Ela serve como um passo para o nosso futuro, um obstáculo que atravessamos quando queremos algo a mais. Uma porta é um convite: ao desconhecido, a novas aventuras e, também, a novas pessoas. É por isso que na nossa casa, a porta também é uma metáfora. É atrás dela que nos escondemos quando queremos silêncio, é ela que deixamos aberta quando queremos que as pessoas “sintam-se em casa”. Dentro de nossas casas e apartamentos, são elas que criam nossa privacidade e, ao mesmo tempo, são elas que atravessamos para “estarmos juntos”.
É muita coisa para um só objeto, não é mesmo? E com todo esse significado, não dá para deixar a porta da sua casa ser uma coisa sem graça. Assim como todos os outros cantinhos do seu lar, sua porta tem que ter personalidade – a sua personalidade. Porque ela também tem que contar um pouquinho de quem você é. De quem a sua família é. Mas como deixar ela com a sua cara?
Você pode pintá-la, usando tinta ou spray. Você pode dar mais vida para a entrada de casa ou mais estilo para o seu corredor – você decide! Pode pintar ela inteira ou só pela metade. Pode ter arte, pode ter desenho, pode usar a mesma cor da parede interna do ambiente ou ser uma cor completamente nova para contrastar. A escolha é sua mas  fique atenta: portas de madeira ou metálicas devem ser pintadas com tinta própria para essas superfícies, nada de tinta látex, combinado?
Ainda na ideia de pintá-la, você pode brincar com detalhes. Seja com tinta mesmo ou com canetinha, você pode criar pequenos padrões listrados, zig-zag, como você preferir. E lembre-se que nem precisa ser a porta inteira! Você pode criar um degradê, um listrado para metade da porta… o importante é se divertir e gostar do resultado, claro! Um detalhe que está fazendo o maior sucesso lá fora e é puro charme é pintar apenas a lateral da porta. Você pode usar a mesma cor do ambiente que ela guarda ou colocar uma cor de contraste. Bacana, né?!  Fica a dica, quem sabe para o Ano Novo, vamos dar um realce a mais para a trabalhadora porta.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Followers

Pesquisar este blog

aproveite e curta nossa página

Pinterest

Flag Counter

Flag Counter

Arquivo do blog

Resumos Biográficos