Que bom que você veio...

Visitante

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Dicas de segurança

Olá, bom dia, o " dicas online " levantou um assunto muito interessante sobre como proteger sua casa nestes tempos inseguros que estamos vivendo e eu tomo a liberdade de repassa-los para meus leitores, pois acho que o assunto é de grande importância e dicas de segurança de casa são muito bem vindas,pois os casos de roubo e furto só aumentam em todo o país e nem os apartamentos estão a salvo.
Mas o que pode ser feito para proteger a casa e a família do perigo? 
Atenção sobre o comportamento dos residentes e os itens de segurança recomendados:
A quantidade de itens de segurança que vai instalar na sua casa depende do grau de risco que a região onde você mora oferece e do quanto você se sente protegido.
Mas mesmo que seja uma região de baixo risco, todo cuidado é pouco. Alguns deles são relacionados com o comportamento dos moradores, que podem ajudar a evitar roubos e furtos.
1. Mantenha sempre luzes acesas, dentro e fora de casa, independentemente de você estar ou não;
2. Mantenha todos os portões e portas trancados mesmo quando estiver em casa;
3. Se for viajar, avise somente a um vizinho mais conhecido e pessoas de confiança. O vizinho ficará de olho caso perceba um uma movimentação estranha;
4. Deixe a chave com um amigo confiável para regar as plantas e recolher as correspondências caso fique dias fora. Assim a casa permanece como se tivesse alguém;
5. Quando tocarem a campainha ou baterem na porta, peça que se identifique primeiro;
6. Se mora em prédio com porteiro, deixe com ele os nomes das pessoas autorizadas a entrar;
7. Não deixe joias, dinheiro e outros pertencer de valor guardados em casa. Coloque no banco ou em um cofre; 
8. Mude a rotina de horários e meios de transporte para sair de casa, sempre que possível;
9. Quando for viajar, coloque as malas no carro ainda dentro da garagem fechada;
10. Não exponha sua casa e sua família nas redes sociais;
11. Faça treinamento de defesa pessoal se achar que precisa saber se defender, caso necessário;
12. Não fique comentando com estranhos (ou perto deles) sobre seu endereço, hábitos da rotina e pertences;
13. Quando estiver saindo ou entrando em casa, observe se não há qualquer pessoa suspeita por perto.
Itens que podem aumentar a segurança da casa
Para complementar os cuidados em termos de hábitos e comportamentos, itens de segurança dificultam ou impedem a entrada de estranhos na residência. Veja quais deles se encaixam nas suas necessidades e invista.
Portão eletrônico
Com um portão eletrônico não há necessidade de descer do carro para fechá-lo, diminuindo o risco de assalto. Além disso, ele é mais seguro.
Mas se não puder investir em um portão eletrônico, opte por cercas altas e difíceis de escalar, bem como por cadeados grossos para trancar.
Alarmes
Instalar um sistema de alarme é outro modo de afastar intrusos que não querem ser descobertos. Ele envia um sinal para a empresa de seguro e ao mesmo tempo assusta o invasor.
Há também o botão do pânico, que é instalado em um local que só o dono sabe onde fica. Quando estiver em casa e perceber que alguém está querendo entrar, acione esse botão para enviar um alerta à polícia. Em casa nenhum som será emitido.
Cercas elétricas
Se você não confia apenas em um portão alto e eletrônico, pode reforçar a segurança por cima do portão instalando cerca elétrica ou de concertina, aquela com arame farpado enrolado.
Essa medida só deve ser utilizada caso realmente esteja em uma zona perigosa, pois elas acabam por entregar que há coisas de valor na residência. Ladrões mais corajosos podem ficar atraídos.
Câmeras de segurança e interfone
As câmeras são instaladas em pontos estratégicos e discretos da casa para captarem tudo o que acontece no ambiente. O interfone, com ou sem câmera embutida, serve para que você não precise abrir a porta ou portão sem saber que está chamando.
De preferência coloque um sistema de câmeras que possa ser acessado pelo celular, assim você monitora sua casa de onde estiver e pode acionar a polícia caso necessário.
Luzes automáticas
Além das câmeras e do interfone também é recomendado instalar lâmpadas externas com sensor de movimento. Quando uma se acende é um alerta para você dar uma olhada em volta.
Outra opção são as luzes que acendem à noite e apagam de dia. Assim, mesmo se estiver viajando, vai parecer que tem gente em casa.
Grades nas janelas
As grades trazem muita segurança no sentido de impedir a entrada de alguém e até mesmo proteger contra acidentes caso tenha crianças em casa.
Troque as fechaduras
Se alguma chave de acesso à casa for perdida, a melhor medida a tomar é trocar de fechadura. Faça o serviço com uma empresa de sua confiança.
Além disso, evite instalar trincos cilíndricos ou usar cadeados finos porque são mais fáceis de arrombar. As chaves tetra, com 4 trancas, também são opções mais seguras contra arrombamento do que as simples.
Vigilância
Muitas vizinhanças contratam serviço particular de vigilantes noturnos quando residem em áreas de risco.
Se o seu prédio não tiver guarita e porteiro, também é um bom investimento a propor na reunião de condomínio, já que os ladrões procuram por qualquer residência vulnerável e já estão conseguindo entrar em prédios.
Cão de guarda
Os cães ainda são ótimas estratégias para afastar bandidos fracos – aqueles que desistem do furto se houver muita dificuldade. Seu cão não precisa ser violento para proteger a casa, mas deve ser treinado para latir caso veja movimentação estranha.

Em caso de extremo perigo NÃO REAJA !!!! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pinterest

Arquivo do blog

Pesquisar este blog

Resumos Biográficos

aproveite e curta nossa página

Google+ Followers