quarta-feira, 12 de abril de 2017

Síndrome das Pernas Inquietas

Eu venho sentindo alguns sintomas estranhos e ando pesquisando muito sobre Síndrome de pernas inquietas. Sim isso existe. É um distúrbio do sono que se caracteriza por movimentos involuntários das pernas. É uma doença neurológica e manifesta-se por uma sensação de desconforto nas pernas quando a pessoas vai se deitar ou quando já está dormindo. Por vezes fica muito tempo a movimentar as pernas prejudicando imensamente o sono e o dia a dia em geral. Movimentar as pernas traz um alívio imediato, ainda que provisório, mas é muito desgastante.  Encontrei dois tipos desta síndrome :  Síndrome Primária ou idiopática : que é o tipo mais comum, na qual não há causa identificável. Neste caso pode haver uma causa genética e pode tornar-se crônico. Pioram com o tempo.  A outra é Síndrome secundária : seria originada por outra doença ou por alguns medicamentos, sendo que os sintomas melhoram quando a pessoa deixa de tomar a medicação. Entre as doenças ou condições que podem causar o distúrbio estão :  Deficiência de ferro ( causa mais comum ), Artrite reumatoide, Diabetes, Doença de Parkinson, Falha nos rins, danos nos nervos das mãos ou pés e Gravidez.


Algumas pessoas apresentam os sintomas desde a infância, manifestando-se através de inquietação ou hiperatividade.
É comum nas grávidas, nos últimos três meses de gravidez.Na grande maioria dos casos, os sintomas desaparecem após o parto.


O diagnóstico é feito através do histórico do paciente e da descrição dos sintomas. Não existe exame específico para detectar o transtorno, mas uma análise de sangue pode indicar a deficiência de ferro. A polissonografia usada em distúrbios do sono também pode ajudar pois detecta movimentos periódicos dos membros durante a noite.
Os tratamentos disponíveis visam aliviar os sintomas e melhorar sua qualidade de vida. Podem ser prescritos suplementos de  ferro, sedativos ou anticonvulsivos. É lógico que se deve procurar um especialista para aconselhar sobre o tratamento mais adequado, mas ficam aqui alguns conselhos  úteis para aliviar os sintomas

-Adote uma rotina de sono ( acordar e dormir sempre a mesma hora, manter o quarto escuro e  confortável.
- Pratique exercício físico moderado ou técnicas de relaxamento.
- Evite café, chá preto, chocolate, fumo, refrigerante e álcool.
- Experimente tomar um bom banho quente ou fazer massagem nas pernas.
- Evite remédios que agravam os sintomas,como antidepressivos, antipsicóticos, remédios para   náuseas e antialérgicos. Obviamente converse antes com o seu médico e não deixe passar batido esses sintomas nas pernas que normalmente achamos que não é nada e nem citamos nas consultas.  Procure sempre uma melhor qualidade de vida.  Viver bem é interessante.    Até mais .








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Followers

Pesquisar este blog

aproveite e curta nossa página

Pinterest

Flag Counter

Flag Counter

Arquivo do blog

Resumos Biográficos