quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Cortando gastos pessoais -

 Sem sofrimento... analise e corte seus gastos pessoais.

Quem deseja começar a guardar dinheiro, manter as contas em dia, ou quitar de vez toda as dívidas, deve aprender a cortar alguns gastos da rotina. Afinal, não tem coisa melhor do que chegar no final do mês com tudo pago e sobrando dinheiro, certo?
Muitas pessoas têm o costume de gastar tanto dinheiro com bobagens durante o mês, que o dinheiro acaba e a pessoa nem sabe como. Pequenos gastos podem se tornar dívidas, e quanto mais controle você tiver do seu dinheiro no dia a dia, mais você conseguirá economizar.
Para cortar gastos pessoais é necessário saber para onde seu dinheiro vai todos os meses. Por isso, antes de tudo é importante criar uma lista de controle de despesas, onde você poderá anotar todos os seus gastos.
Anote todas as compras, mesmo que pequenas. Comprou um pequeno chocolate? Anote. Pagou por algum serviço? Anote. A regra é: pagou? Anotou! E para não correr o risco de esquecer de anotar, registre imediatamente o gasto em sua lista de despesas.
Organize no final de cada mês, suas despesas em categorias, como: transporte, alimentação, roupas, cinema, etc. Com isso, além de conseguir identificar os gastos, você poderá saber em quais campos está gastando em excesso. Sabendo o quanto você gasta em determinada categoria, será muito mais fácil de diminuir seus gastos. Veja abaixo mais dicas:

Evite fazer compras não planejadas

Compras por impulso – e na maioria das vezes sem necessidade – podem destruir qualquer planejamento financeiro do mês. Além disso, podem causar arrependimento, já que você não pensou na hora da compra. Por isso recomendamos ficar atendo. Vá ao supermercado apenas para comprar o que é necessário, e leve a lista de compras junto com você. Se precisar ir ao shopping, cuidado com as “promoções” e evite os passeios em lojas. O famoso hábito de “apenas dar uma olhadinha” pode estimular as compras por impulso. Crie e SIGA suas regras para reduzir a tentação das compras.

Crie um orçamento e estabeleça metas

Crie um limite de compra e estabeleça metas. Se você gasta mensalmente R$ 600 com as compras de supermercado, que tal tentar gastar R$ 550 no próximo mês? É uma ideia de meta alcançável, que você pode conseguir se ficar de olho nas promoções, comprar o que realmente é necessário e até optar por marcas mais baratas. Crie também um limite para os gastos de entretenimento e outros supérfluos, como cinema, jantares, viagens, etc. Se o limite for atingido no mês, você deve aguardar o próximo mês para ver os lançamentos do cinema, por exemplo.

Utilize dinheiro para pagar suas compras e deixe o cartão de crédito em casa

Além da segurança, sabemos que o cartão de débito é uma facilidade no dia a dia, pois com ele não é preciso ficar indo ao banco sacar dinheiro e andando com grandes quantias no bolso. Porém é muito mais fácil gastar utilizando o cartão de débito. Isto porque, ele cria uma certa ilusão de que não estamos gastando. Será muito mais fácil de perceber o quanto você está gastando se utilizar dinheiro para pagar suas compras. Apenas com o dinheiro como opção na hora da compra, você provavelmente pensará duas vezes antes de gastar com coisas desnecessárias.
Outra dica é deixar o cartão de crédito em casa, que também pode ser considerado uma “ilusão” na hora da compra. Afinal, você pensa “a conta só virá no mês seguinte, então não preciso me preocupar com isso agora.” O problema é que quando o mês chega, a conta vem junto, e muitas vezes você acaba até se esquecendo da compra que fez no mês anterior. E por mais que parcele em várias vezes, criando este hábito é possível atrair mais e mais dívidas.

É o método que uso e só me dá alegria. Acredite, ter despesas pagas em dia, pode aumentar seu tempo de vida, diminui seu estresse e seu cérebro repousa tranquilo no travesseiro a noite.

Fonte Prime Cursos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Followers

Pesquisar este blog

aproveite e curta nossa página

Pinterest

Flag Counter

Flag Counter

Arquivo do blog

Resumos Biográficos