terça-feira, 15 de novembro de 2016

Comportamento no trânsito



As vezes, fico observando os motoristas no trânsito e percebo que alguns  sentimentos e atitudes são plenamente compreensíveis, mas não justificam o mau comportamento no trânsito, a falta de educação, a incompreensão  de que no outro carro existe também um ser humano sujeito a falhas e deslizes como todo e qualquer ser humano. Uma vez ouvi alguém falar que para tirar carteira de motorista deveria  se exigir curso superior... concordo em parte, nem todo mundo tem condições para isso, mas falta de educação, furia,desrespeito não são admissíveis em uma pessoa que se propoe a dirigir um automóvel. Independe de grau de instrução.  Então eu colocaria que para se tirar carteira de habilitação a pessoa passasse sim por um teste psicológico rigoroso para ver se tem competência para administrar a convivência humana dentro de um automóvel, que foi feito para facilitar o seu direito de ir e vir e não transforma-lo em um psicopata.   Além de estimular o surgimento de doenças causadas pelo estresse ainda passam um péssimo exemplo para as outras pessoas dentro e fora do carro.Pesquisei qual seria o comportamento ideal de um motorista normal e encontrei algumas dicas  que achei interessantes :

1. O que fazer, quando estiver preso em um congestionamento?

Essa situação é muito comum, principalmente em grandes centros urbanos. Apesar de muitas vezes ser uma situação inevitável de fugir, existem algumas alternativas que podem ajudar. Se você conhece a região, pense em rotas alternativas que podem ajudar você a fugir do congestionamento ou pegar outro menor. O GPS também é um forte aliado nessa situação e deve ser consultado para encontrar possíveis desvios. Agora, se nenhuma dessas alternativas é possível, procure relaxar, sem perder a atenção.

2. Como sinalizar corretamente a rua, em caso de quebra do carro?

O seu carro pode sofrer uma pane elétrica, ter um pneu furado ou problemas no motor que o force a parar em uma via de movimento intenso. Nesses casos, você precisa agir rápido e de maneira adequado para não causar um acidente. Ligue imediatamente o pisca alerta. Em seguida, pegue o triângulo ou cone, caso seja um carro de serviços, e posicione a uma distância mínima segura para evitar uma possível colisão. A distância mínima de segurança deve variar conforme o limite de velocidade da via.

3. Seja gentil com ciclistas e pedestres!

Toda gentileza oferecida é retribuída. Quando você é gentil, passa uma impressão de boa conduta e é a melhor forma de contagiar outras pessoas. Uma das melhores formas de mudar o comportamento das pessoas é sendo gentil com elas, mesmo não recebendo a gentileza de volta, naquele momento. Mesmo assim, lembre-se: pedestres têm preferência no trânsito. Idosos tem seus direitos,  Então, dê o exemplo e ajude a mudar o mundo.

4. O que fazer quando avistar um acidente com vítima?

Nesses casos, a sua atitude rápida e correta poderá salvar vidas. Primeiramente, procure um lugar seguro para parar o carro, mantendo o pisca  alerta ligado. Utilize o triângulo ou cone  para sinalizar o local e impedir que outro acidente ocorra. Acione o atendimento médico da região, informando, se possível, a quantidade de vítimas para que eles venham preparados para atender todas elas. Em caso de as vítimas estiverem acordadas, procure acalmá-las até a chegada do socorro. Caso contrário, você pode solicitar orientações pelo telefone sobre procedimentos necessários e outras urgências. Não faça cara de paisagem.

5. Comportamento adequado ao buscar os filhos na escola

Evite descontar nos filhos o estresse do trabalho ou a falta de tempo, quando buscá-los depois da aula. Muitas vezes eles estão ansiosos para demonstrar o que aprenderam na escola e, ao serem recebidos com um comportamento ruim, pode gerar constrangimentos na frente de outros coleguinhas influenciando até mesmo na formação da personalidade deles. Procure relaxar antes , respire fundo dedique um pouco de atenção a eles nesses momentos. Encare como uma oportunidade de conversar e conhecê-los melhor. Ouça suas experiências e aflições sem julgar para depois aconselhar. A melhor educação de filhos ainda é o exemplo. Carro não é instrumento para você descontar suas neuroses

A educação para o trânsito pode fazer toda a diferença na sua vida e na vida das pessoas que cruzarem com você. Se todos os motoristas tivessem essa consciência, teríamos um mundo mais amigável e menos estressante.


comportamento

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Followers

Pesquisar este blog

aproveite e curta nossa página

Pinterest

Flag Counter

Flag Counter

Arquivo do blog

Resumos Biográficos