quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Conselhos práticos para higiene na cozinha

  • Lave em água corrente as frutas, verduras e legumes. E quando falamos em lavar, é lavar mesmo: esfregue suavemente com as pontas dos dedos toda a superfície. Não use sabão ou detergente. É indicado deixar os alimentos (após lavar) de molho em um litro de água com 10 ml de água sanitária para garantir a sanitização dos alimentos;
  • Lave bem latas e embalagens de conservados antes de abrir;
  • Evite latas aparentemente danificadas (estufadas, amassadas, com furos ou enferrujadas);
  • Cheque a validade e a data de fabricação dos alimentos (muitas pessoas esquecem de verificar a data de fabricação, mas é importante, pois permite estimar quanto tempo de vida possui o alimento);
  • Cozinhe bem as carnes antes de consumi-las, eliminando assim micróbios e ovos de vermes;
  • Mantenha os alimentos protegidos de insetos e roedores;
  • Use sempre água filtrada;
  • Lembre-se que deve higienizar todos os tipos de embalagens – mesmo os “copinhos” de iogurtes precisam ser lavados antes do consumo;
  • Ao guardar frutas e legumes faça-os sempre inteiros – alimentos cortados expõem seu conteúdo a impurezas do ar, bem como a bactérias e fungos;
  • Cigarros, barba, cabelos soltos, anéis e outros adereços pessoais não combinam com a cozinha, um lugar onde a higiene deve ser total!
  • Não acumule cascas ou resíduos sobre a pia a fim de evitar a presença de moscas;
  • Lave sempre as mãos antes de tocar nos alimentos, tanto no preparo quanto para o consumo;
  • Lave todos os utensílio com sabão ou detergente e água corrente e após isso seque-os e guarde-os em local fechado;
  • Evite utensílios que não estejam em boas condições (copos lascados, facas enferrujadas, etc.);
  • Limpe regularmente o fogão, geladeira e armários;
  • A lata de lixo deve estar sempre fechada, bem como ser lavada freqüentemente;
  • Empregue sacos plásticos descartáveis nas latas de lixo, que facilitam muito a remoção do mesmo;
  • Segundo o bioquímico Roberto M. Figueiredo, autor dos livros da série “Higiene dos Alimentos”, o correto é guardar os alimentos ainda quentes na geladeira, sem tampa alguma, a fim de que o alimento possa “respirar” o ar frio da geladeira antes de vedá-lo para evitar a proliferação de bactérias, e não somente depois de frios, quando já foram em muito contaminados;
  • Não prepare os alimentos muito tempo antes do consumo – eles ficarão expostos à ação de seres prejudiciais à sua saúde;
  • Reaqueça bem os alimentos previamente cozidos.
          e seja feliz...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Followers

Pesquisar este blog

aproveite e curta nossa página

Pinterest

Flag Counter

Flag Counter

Arquivo do blog

Resumos Biográficos