quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

O fantasma da "Redação"



Muita gente não gosta de escrever, tudo bem, em tempos de internet criou-se até um vocabulário novo com palavras curtas de rápido entendimento.  Dai, vem o vestibular, ou aquele concurso que você quer prestar e até para o dia a dia do trabalho e exige que você faça uma "Redação".  Ai que meda !
Vamos lá, não existe nenhum fantasma assombrando, é só seguir algumas dicas fáceis que podem criar a tal redação nota 10 tão procurada e valorizada. Você deve estar perguntando porque não fazem perguntas sobre moda, ou futebol, ou games, mas a redação tem sua importância, pois através dela o aluno/candidato pode mostrar sua criatividade e competência. Quando escrevemos e criamos, inconscientemente documentamos nossas dúvidas e carências de aprendizado.  Escrever corretamente é fundamental.
Vejam essas dicas para enfrentar de frente o fantasma.

Introdução

Comece o texto com a introdução, que é um parágrafo de 2 a 3 frases ( apenas ) . Na introdução você deverá colocar apenas o básico, dizendo sobre o que irá falar na redação
Desenvolvimento

Ele pode ser considerado o centro da redação, onde você deverá argumentar e discutir sobre o tema. Pode conter de 2 a 4 parágrafos.
Conclusão

É a parte final de sua redação, e pode ser um parágrafo com 2 a 4 frases. Este será o fechamento do seu texto.

 Para ser considerada uma boa redação, o indicado é fazer no mínimo quatro parágrafos, divididos em    introdução, desenvolvimento e conclusão, como falamos acima.
É comum que o número de linhas do texto seja estipulado em concursos e vestibulares, e geralmente pede-se que o candidato faça uma redação de até 30 linhas. Respeite o número mínimo e máximo de linhas, pois qualquer linha “extra” será desconsiderada na correção.

Cuidado para não fazer um texto de enrolação. Seja objetivo e vá direto ao ponto. Muitas pessoas “se perdem” na redação, recheando o texto com frases desnecessárias. Há quem diga que utilizar uma linguagem rebuscada e com expressões refinadas pode impressionar os leitores que irão fazer a correção, porém é importante saber que “enfeitar” a redação não vai fazer com que você pareça mais inteligente. Lembre-se que o mais importante é criar um belo texto, que seja OBJETIVO.
 Respeite o recuo dos parágrafos, nunca pule linhas entre um parágrafo e outro, e tenha cuidado com sua letra, que deve ser legível.
 Não são todas as provas que exigem um título. Caso ele seja solicitado, prefira títulos curtos e não se esqueça de que deve ser constituído por uma frase nominal, ou seja, nada de verbos. Seja criativo, e lembre-se de não pontuar ao seu final.
 Tente manter o seu texto equilibrado. Evite períodos longos – que podem causar dúvidas no momento da pontuação – e também frases muito curtas.

Perguntas para facilitar a redação

Introdução: “o que eu penso sobre isso?” – em relação ao tema.
Desenvolvimento: “quais as causas disso?”; “como posso provar isso?”, “de que forma posso realizar isso?”, “quais as consequências disso?”, “como isso acontece?”.
Conclusão: “Que lição pode ser tirada disso?”.

Dicas para melhorar sua redação:

Se atualize

Sabemos que se informar sobre as notícias do mundo é muito importante, independente se você irá ou não precisar fazer uma redação. Porém, quem irá fazer prova para concurso ou vestibular deve ficar ainda mais atento. Leia os noticiários e tente compreender o funcionamento da sociedade. Acontecimentos recentes e problemas na sociedade geralmente são temas de redações.

Leia (muito e sempre)

Pessoas que escrevem bem têm um hábito em comum: a leitura. Deseja escrever bem? Então comece a ler (e se possível, nunca pare). A leitura é fundamental para quem deseja construir uma boa redação. Livros, jornais, revistas, sites, não importa o que for, basta ler. A leitura pode enriquecer seu repertório, fazendo com que seus argumentos do texto ganhe novas palavras e não seja raso.
Pode parecer difícil no começo, porém, como todo hábito, você irá aos poucos se acostumar e até começar a gostar de ler. Saiba que um bom escritor é, obrigatoriamente, um bom leitor.

Escreva e reescreva

Escreva. Leia. Analise. Reescreva. Faça isso até sentir segurança da sua redação. Se possível, peça para alguém ler e fazer correções. Estude sempre com antecedência, e nada de praticar a redação na última hora. Além disso, o texto deve ser reescrito mais de uma vez. Quando mais você escrever e reescrever, mais você poderá aperfeiçoar sua redação.
Leia alto para outra pessoa, que possa ajudar você a identificar possíveis erros. Se for possível, peça ajuda para um professor ou alguma pessoa com conhecimento específico na área.

Tenha um bom português

Lembre-se que é muito importante escrever de forma correta, sem erros de português. De nada adianta fazer um texto criativo e completo, com introdução, bom desenvolvimento e conclusão, se estiver cheio de erros gramaticais e de concordância. Saiba que um bom português faz parte das competências avaliadas. Por isso novamente vamos indicar que você LEIA. Quanto mais leitura, mais chances dos erros sumirem.

Estas são apenas algumas dicas. A Prime Cursos, dá cursos grátis de redação online e foi a fonte de onde tirei a idéia da pauta de hoje. Não ganho absolutamente nada com isso, mas já fiz alguns cursos lá e tenho aprendido muito.  Certo?   Bora lá afastar o fantasma da Redação de sua vida. Nada de preguiça.
  Até mais, obrigada

Ana Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Followers

Pesquisar este blog

aproveite e curta nossa página

Pinterest

Flag Counter

Flag Counter

Arquivo do blog

Resumos Biográficos