terça-feira, 10 de maio de 2016

Ai minha pressão !

Encontro tanta gente reclamando da pressão arterial.É baixa , é alta,todo mundo fica muito preocupado com o assunto, então  dei uma pesquisada e  vamos acabar com certos mitos sobre esse assunto e ver até onde ela pode nos prejudicar, e o que podemos fazer para manter nossa pressão estável.
Imagine um sistema hidráulico. Há um volume de água que pode passar por dentro dos canos sem causar danos ao equipamento. Com a pressão arterial é a mesma coisa. Ela é a força exercida pelo sangue dentro dos vasos sanguíneos, originada pelos batimentos cardíacos.
“Nosso organismo é assim, tem uma tolerância. O valor é considerado ideal quando o máximo atinge até 120 mmHg ou, popularmente, 12, e o mínimo fica na faixa de 80 mmHg, ou 8. É a pressão 12/8. Quando esta pressão está acima de 14/9 a pressão é considerada alta, e quando está abaixo de 10/6 é considerada baixa”, explica Ivan Cordovil, coordenador do serviço de hipertensão arterial do INC (Instituto Nacional de Cardiologia).
O especialista observa que nem sempre há sinais de que a pressão arterial está alta ou baixa e que ambos os extremos podem ser perigosos.
“Na hipertensão, ou seja, quando a pessoa tem a pressão permanentemente alta, alguns órgãos podem ser atacados. No cérebro, por exemplo, pode ocorrer derrame. O coração do indivíduo hipertenso pode sofrer infarto. Os rins podem ter insuficiência e precisar de diálise. Olhos também podem ser afetados, com cegueira súbita”, descreve.
Já os efeitos principais da pressão baixa são a tontura e, por consequência, a queda. “Pessoas idosas sentem menos sede e, por isso, correm o risco de ficar desidratadas. O quadro leva à pressão baixa e elas correm o risco de sofrer quedas e fraturas”, explica Cordovil. Nesses casos, a primeira providência a se tomar é deitar a pessoa, inclinando ligeiramente as pernas para cima para facilitar a ida do sangue até o cérebro.
 
Este problema de saúde está associado ao consumo de alimentos industrializados.
  • Por isso é tão fácil encontrar cada vez mais pessoas sofrendo deste mal.
  • Stress e excesso de esforço físico também são fatores que provocam hipertensão.
  • É que o problema frequentemente se manifesta de forma muito discreta.
  • Sendo assim, os cuidado devem ser dobrados.
  • O distúrbio surge quando há forte pressão exercida no sangue contra as paredes arteriais.
Como já dissemos, o problema surge de forma bem silenciosa, mas um pouco de sensibilidade para identificar os sintomas pode mudar tudo.
Veja possíveis sinais da doença:
  • - Dormência
  • - Dor na cabeça
  • - Tonturas
  • - Dificuldades para respirar
  • - Problemas na vista
  • - Palpitações
  • - Hemorragia nasal
Se sentir alguns desses sintomas, procure ajuda médica e verifique a pressão imediatamente.
Quanto à alimentação natural, aposte nos alimentos ricos em ômega 3 e potássio.
Além desses, amplie o consumo de nozes, grãos, peixes, limão, melancia e legumes frescos, especialmente alho, cebola e aipo/salsão.e muita muita água.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Followers

Pesquisar este blog

aproveite e curta nossa página

Pinterest

Flag Counter

Flag Counter

Arquivo do blog

Resumos Biográficos